Como se tornar um Medical Science Liaison (MS …

Você está preparado para ser um Medical Science Liaison?

 

Autora: Daniela Mirandola

 

Você gostaria de se tornar um MSL? O Medical Science Liasion, ou Gerente Médico Científico, entre outras denominações, é o profissional de saúde que atua na indústria farmacêutica conectando essas organizações aos líderes de opinião (KOL – key opinion leaders) através do compartilhamento de informações técnico-científicas de uma área terapêutica específica e/ou estado de uma doença. Esse profissional, deve possuir um treinamento científico avançado e um patamar científico alto (mestrado ou doutorado). No Brasil, há pouco tempo, esta função era exercida exclusivamente por médicos, atualmente o cargo pode ser ocupado por biomédicos, biólogos, fisioterapeutas, farmacêuticos, enfermeiros, dentistas, ou seja, por profissionais de saúde.

O MSL trabalha durante todo o ciclo de vida de um produto e sua atuação é vital para que haja parceria com a comunidade médica e profissionais de saúde. Ele será uma fonte de recurso científico para os profissionais de saúde que atuam com esse produto. Além disso, como responsabilidade do MSL está a captação de insights, que se resume em “sentir” as percepções e necessidades desses profissionais na sua prática clínica e levar para dentro da empresa estas informações para fins de esclarecimento, ajustes e melhorias. O grande diferencial entre o MSL e o representante de vendas dentro da indústria farmacêutica, é que sua função está estritamente relacionada às informações técnicas e científicas, sem qualquer caráter de promoção comercial ou venda. Além do seu trabalho de campo, o MSL terá uma atuação interna realizando treinamentos (força de vendas, atendimento ao consumidor e mesmo de novos parceiros MSLs) e dando suporte para áreas como marketing, comercial, farmacovigilância e pesquisa clínica. 

Como se tornar um MSL? Uma excelente forma de começar é ter as conexões corretas, se informar mais sobre a função e realizar treinamentos. Se você, atualmente está no meio acadêmico e quer ingressar no cargo de MSL, prepare-se para inicialmente fazer uma completa mudança mental. Você não estará mais voltado para a pesquisa científica individual e sim para um trabalho mais colaborativo e interfuncional, onde o relacionamento com seus pares é tão importante quanto o relacionamento com os KOLs, com os quais você precisa se envolver para discutir tópicos e obter importantes informações para a empresa. 

Para conquistar uma vaga na função de MSL suas habilidades alcançadas durante a vida na pesquisa não são mais as características mais importantes. Foque nas habilidades e qualidades que você precisa para ser um MSL, como o que fazer para lidar com um ambiente de ritmo acelerado que está em constante tranformação, orientado para resultados e impulsionado por objetivos que atendam às necessidade de negócios da empresa. 

O LinkedIn é uma ferramenta excelente de networking e pode auxiliar a realizar conexões que irão te mostrar mais sobre o dia-a-dia de quem atua como MSL, além de dar visibilidade para o mercado. Dentro dessa rede social existem diversos grupos nacionais e internacionais com foco específico na carreira do MSL. 

Esteja preparado e muito em breve você estará atuando nessa excitante função, na qual poderá ajudar a melhorar a vida dos pacientes.


Outras Matérias

O que faz o Monitor de Pesquisa Clínica?

O que é necessário para ser um bom monitor de pesquisa clínica?   Autora: Renata Bendit   O monitor de […]

Pesquisa Clínica 12 de outubro de 2019

Os significados das cores dos meses nas campa …

Qual a cor de cada mês do ano?   Autora: Estela Maia Bellini Pannuti   A campanha do outubro rosa, […]

Saude em geral 7 de outubro de 2019

Você sabe o que faz o Medical Science Liaiso …

Afinal, quais são as funções e atividades de trabalho do Medical Science Liaison? Você sabe quais são as funções do […]

Saude em geral 4 de outubro de 2019

5 maneiras de prevenir pedras nos rins

Como selecionar os alimentos para evitar a formação de cálculos renais?   Autora: Ana Tavela   Se você já teve […]

Saude em geral 3 de outubro de 2019